Curiosidades - Vinolar

Go to content

Main menu:

Curiosidades

Benefícios e Propriedades da Canela

Receitas de Chá de Canela

É muito bom saber que algum ingrediente simples, que sempre temos em casa, é ótimo para a saúde, não é mesmo? Esse é o caso da canela.

A especiaria, extraída da parte mais interna do tronco da caneleira, é comumente utilizada para aromatizar doces, mas não é só no sabor que a canela se destaca: hoje sabemos que ela traz diversos benefícios para a nossa saúde.

Propriedades da Canela

  • A canela possui propriedades carminativas (combate gases no intestino), antiulcéricas e estomacais. Seus azeites essenciais dissolvem melhor os alimentos, além de estimular a salivação e os sucos gástricos. Ajuda também a combater a aerofagia, as digestões difíceis e a acidez, estimulando também o apetite.

  • A canela também combate bactérias e fungos nocivos. Também se mostra bastante eficaz contra candidíases e úlceras.

  • Tem propriedades anti-inflamatórias e age no processo de desinflamação de tecidos, entre outros. É uma rica fonte de substâncias como manganês, ferro e cálcio.

  • Combate os radicais livres, contribuindo para a prevenção do envelhecimento precoce e do enfraquecimento dos fios de cabelo.

  • Possui também efeito termogênico: promove o aumento da temperatura do corpo, assim, facilitando a queima das gorduras.

  • Ativa o metabolismo, facilitando a queima de calorias.

  • É rica em antioxidantes que combatem os radicais livres e ainda regulam os níveis de colesterol ruim no organismo.

  • Ajuda a combater os sintomas do resfriado.

1. Chá termogênico (acelera o metabolismo e auxilia na queima de gorduras)
Ingredientes

  • 3 paus de canela

  • 1 colher (sopa) de chá verde em folhas

  • ½ litro de água

  • Modo de Preparo

  • Ferva a água. Desligue o fogo e adicione o chá verde e a canela. Tampe e deixe em infusão por cinco minutos. Beba até 2 xícaras por dia.


2. Chá anti-inflamatório (auxilia em todo tipo de doenças inflamatórias)

Ingredientes

  • 3 paus de canela

  • 3 anis estrelado

  • 2 fatias de gengibre

  • ½ litro de água

  • Modo de Preparo

  • Ferva a água. Desligue o fogo e adicione o gengibre, anis e a canela. Tampe e deixe em infusão por dez minutos. Beba até 2 xícaras por dia.


3. Chá relaxante (alivia dores musculares e auxilia no relaxamento)

Ingredientes

  • 2 paus de canela

  • 1 colher (sopa) de erva doce

  • ½ litro de água

  • Modo de Preparo

  • Ferva a água. Desligue o fogo e adicione a erva doce e a

Consumo da Canela
A principal diferença entre a canela em pau (ou rama) e a em pó, é que a primeira concentra mais o sabor e o aroma. Em termos nutricionais, elas são bastante semelhantes.

A indicação diária de consumo da canela é de um colher de café por dia. A canela em pó deve ser usada para polvilhar doces e sobremesas, e a canela em pau pode ser utilizada no preparo do chá. Apesar de ser benéfica para a saúde, a canela não deve ser ingerida em excesso.

10 BENEFÍCIOS DA CHIA


1 - Tem ação anti-inflamatória, porque  não fornece o ômega 3 (ácido linolênico), que tem a propriedade de combater a inflamação do organismo. Um estudo realizado por AYERZA, R e COATES W, publicado  na revista Annals of Nutrition and Metabolism em 2007 , mostrou que a dieta contendo chia, tanto na forma de grão como na forma de óleo, foi capaz de aumentar os níveis plasmáticos de ácidos graxos ômega 3.
2 – Tem compostos bioativos com forte ação antioxidante, combatendo a ação dos radicais livres que levam ao envelhecimento precoce e também resultam no desenvolvimento de algumas doenças.
3 – Contribui com o controle do diabetes, graças ao alto teor de fibras, o que ajuda a melhorar a sensibilidade ao hormônio insulina, melhorando a glicemia pós prandial (pós refeição). As fibras tornam  mais lenta a absorção dos açúcares pelo intestino, o que ajuda e muito a manter a glicemia (açúcar no sangue) controlada. CHICCO,A. e colaboradores, em 2009, publicaram na revista British Journal of Nutrition  um estudo que concluiu que uma dieta incluindo o grão de chia influencia positivamente na melhora da resistência à insulina, o que é fundamental para o bom controle do diabetes.
4 – É grande aliada nas dietas de emagrecimento ou na manutenção do peso ideal, por ser fonte de fibras solúveis que formam um composto gelatinoso  estômago, tornando a digestão  mais lenta e  num aumento de saciedade. Isso favorece uma melhor seleção dos alimentos nas refeições seguintes, bem como redução nas quantidades, uma vez que reduz apetite.
5 – Pode ser um alimento coadjuvante na redução do risco de doenças diabetes, dislipidemia em indivíduos que apresentam sobrepeso, isso também por melhorar a resistência à insulina  e perfil lipídico. Os indivíduos obesos ou que apresentam sobrepeso já tem fator de risco para o desenvolvimento de diabetes e doenças cardiovasculares. Em março de 2011, na revista Journal of Nutritional Biochemistry,  pesquisadores concluíram que o grão de chia introduzido na alimentação dos animais analisados melhorou a sensibilidade à insulina, reduziu a gordura visceral, o que já é fator de proteção para doenças cardiovasculares.
6 – Combate a constipação, ajudando com a boa saúde intestinal, isso também pela quantidade de fibras que fornece.
7 – O consumo do grão favorece também o controle da pressão arterial, porque o ômega 3  tem efeito anti-hipertensivo.
8 – A presença do ômega 3 também faz com que a chia seja um bom alimento para a saúde cerebral, já que esses ácidos graxos poli-insaturados são componentes da estrutura das células nervosas, podendo  também melhorar a memória, reduzir a ansiedade e depressão.
9 – Ajuda a melhorar a resistência e rendimento de atletas, além da recuperação muscular no pós treino, isso por causa da presença de proteínas vegetais, ômega 3 e também  a presença de minerais que são perdidos pelo suor.
10 – É um poderoso alimento para incluir nas dietas de vegetarianos, por ser fonte de proteínas vegetais. A qualidade da proteína é excelente, contendo muitos aminoácidos essenciais.

Como incluir na alimentação

É possível encontrar a chia em diferentes formas:
Grãos (sementes ao natural): Preserva as propriedades nutricionais mais intactas. Pode-se incluir em sopas, bolos, saladas, polvilhar em cereais, iogurtes, frutas e até adicionar em bebidas (sucos ou água).
Óleo: Os ácidos graxos ômega 3 e 6 são preservados, no entanto o teor de fibras fica comprometido. É uma alternativa para temperar a salada ou colocar na sopa.
Farinha: É o produto final da moagem do grão da chia, fonte de ômega 3, fibras e proteínas.
É possível ainda encontrar chia em de flocos e em cápsulas.
É importante enfatizar que a chia deve fazer parte de uma dieta nutricionalmente variada e equilibrada, para que seja possível colher os seus benefícios para a saúde. Como todo alimento, é recomendado que o seu consumo seja parte de um  rodízio, no qual haja variação com outras fontes de grãos e sementes.

FONTE: http://veja.abril.com.br/blog/viver-bem/nutricao/dez-beneficios-da-chia-para-a-saude/


Açafrão


Ele é utilizado desde tempos antigos como especiaria, pois revela um aroma apurado. Além de transferir seu gosto para o alimento, também empresta a ele seu amarelo peculiar. O Crocus sativus é típico da área do Mediterrâneo, portanto é o ingrediente culinário mais comum nesta localidade, protagonizando pratos como arroz, paella, molhos e aves.


Receitas:

Arroz com açafrão
• 1 xícara de arroz
• 1 colher de óleo
• 1 colher de sopa de açafrão vinolar
• 1 dente de alho
• 2 xícaras de chá de água fervendo
• 2 colheres de sopa de salsa e cebolinha verde piacadas
• 5 tomates secos sem o óleo ( ou tomates vermelhos frescos)
• 100 g de mussarela em cubo
• Sal a gosto

Modo de fazer: Coloque, em uma panela, o óleo, o alho, o arroz e frite, acrescente a água, o açafrão e deixe cozinhar, depois de pronto, acrescente o tomate seco e a mussarela, salpique a salsinha e cebolinha verde e sirva quente.

Coxas de frango ao molho de açafrão
• 3 colheres (sopa) de óleo
• 2 kg de coxa e sobrecoxa de frango
• 6 dentes de alho amassados
• 2 cebolas médias picadas
• 2 tomates picados
• 1 pimentão picado
• 1 colher (sobremesa) de açafrão Vinolar
• Pimenta do reino Vinolar a gosto
• Sal a gosto
• 1 litro de água aproximadamente
• 2 cenouras médias cortadas em rodelas
• 6 batatas tamanho normal cortadas em rodelas
• Catchup a gosto
• 1 lata de ervilha
• 3 colheres (sopa) de queijo ralado

Modo de fazer : Retire a pele das coxas , aqueça bem uma panela com o óleo, doure o frango, junte o alho, a cebola, o tomate e o pimentão. Refogue, adicione o sal, a pimenta do reino e o açafrão. Acrescente a água até atingir a metade da panela, a cenoura e as batatas. Deixe cozinhar junto com o frango por aproximadamente 20 minutos.
Num refratário untado com óleo e o catchup até cobrir o fundo, distribua os pedaços de frango, as batatas, as cenouras e por último coloque a ervilha. Leve ao forno para dourar e por último coloque o queijo ralado.
Sirva com arroz branco.


Curry


O curry é uma mistura de especiarias muito utilizada na culinária de países como Índia, Tailândia e alguns outros países asiáticos. É feito à base de pó de açafrão-da-terra, cardamomo, coentro, gengibre, cominho, casca de noz-moscada, cravinho, pimenta e canela. Para além destes ingredientes básicos, outros são incluídos, de acordo com as preferências: alforva, pimenta-de-caiena, cominhos finos, noz-moscada, pimenta-da-jamaica, pimentão e alecrim, entre outros. Inicialmente o curry servia para temperar exclusivamente o arroz, mas atualmente é usado para a confecção de diversas receitas, como o frango, carnes vermelhase outras.


Receitas:

Alcatra com curry e gengibre:
•  1/2 xícara de leite
•  1/2 xícara de salsa picada
•  2 xícaras (sopa) de azeite
•  1 xícaras (sopa) de amido de milho  
•  1/2 colher (sopa) de gengibre ralado
•  1 colher (chá) de curry Vinolar
•  1 colher (chá) de sal  
•  1 cebola em cubos  
•  1 pimentão verde em cubos
•  1 pimentão vermelho em cubos
•  800 g de alcatra cortada em tirinha
•  Pimenta-do-reino Vinolar a gosto

Modo de preparo: Em um a panela, coloque a carne, o azeite, a salsa, a cebola, os pimentões, o gengibre e o sal, mexa até que a carne mude de cor, tampe e deixe cozinha por 15 minutos, mexendo de vez em quando, quando os  legumes ficarem macios. Misture o amido de milho, o curry e o leite e despeje na carne, tempere com pimenta a gosto, leve fogo por mais 5 minutos ou até a carne ficar macia.


Mande você também sua receita com os produtos Vinolar, que iremos divulgar no site e as melhores irão para nosso livro de receitas.


 
Back to content | Back to main menu